Duas obras do BRT Transcarioca serão entregues em maio

Fonte CONUT - 14/09/2015 - 15h46min
Duas obras do BRT Transcarioca serão entregues em maio
A Secretaria Municipal de Obras (SMO) do Rio de Janeiro vai entregar no final de maio duas obras ligadas ao BRT Transcarioca, que vai ligar a Barra da Tijuca ao aeroporto do Galeão.
Iniciados em março de 2011, o mergulhão do Campinho e o viaduto Negrão de Lima, em Madureira, serão liberados para o tráfego.

Segundo a prefeitura, o mergulhão terá três faixas em cada sentido --duas para carros e uma para o BRT. Nas estações, haverá uma faixa adicional para que ônibus façam ultrapassagens.
BRT
As duas obras integram a primeira fase da construção do BRT Transcarioca, principal projeto de mobilide urbana da Copa no Rio de Janeiro. 

Com 28 quilômetros de extensão, esta etapa ainda terá mais dois mergulhões e uma ponte estaiada na avenida Ayrton Senna, na Barra da Tijuca.
O trecho é o ponto inicial da linha que terá 39 quilômetros e atravessará 12 bairros (Curicica, Taquara, Tanque, Praça Seca, Campinho, Madureira, Vaz Lobo, Vicente de Carvalho, Vila da Penha, Penha, Ramos e Olaria).

De acordo com o engenheiro Eduardo Fagundes, gerente de Obras de Vias Especiais da Secretaria Municipal de Obras, o BRT não vai conflitar com os carros, pois os ônibus passarão por cima dos mergulhões. Um deles vai contornar o entrocamento das avenidas das Américas e Ayrton Senna, enquanto o segundo, em forma de ferradura, servirá como retorno ao motorista que vai em direção à Cidade da Música. 

O BRT saírá do terminal alvorada, em construção desde dezembro do ano passado. O local terá 300 metros de comprimento e três plataformas, com capacidade para 20 a 24 ônibus cada. O estacionamento poderá abrigar até 19 ônibus articulados e seis biarticulados, além de 240 veículos particulares. O terminal fará a conexão entre as linhas Transcarioca e Transoeste (que ligará a Barra da Tijuca a Campo Grande e Santa Cruz).
A avenida Ayrton Senna terá também uma ponte estaiada de 300 metros de extensão, com conclusão prevista para dezembro deste ano. Orçada em R$ 120 milhões, a obra vai conectar as lagos de Jacarepaguá e da Tijuca. A primera etapa do BRT ainda inclui a construção de quatro viadutos e a urbanização das áreas.

Ligação entre Transcarioca e Transoeste: início no terminal Alvorada (crédito: Reprodução)
 

Segunda fase
A etapa final da construção começou no último dia 25, com a construção de uma ponte estaiada sobre a Baía de Guanabara, que ligará o Fundão à Ilha do Governador, já na parte final do trajeto.

No total, são 11 quilômetros de extensão e mais quatro obras: viaduto sobre linha férrea, em Olaria, viaduto sobre Avenida Brasil, viaduto sobre o Canal do Cunha e Linha Vermelha e ponte sobre estrada do Galeão.

Nos últimos meses, a prefeitura enfrentou denúncias de violação de direitos humanos ocorridos durante as remoções. Estima-se que ao longo dos 39 km mais de 3,6 mil imóveis serão desapropriados total ou parcialmente. O fato mudou parte do trajeto, que foi direcionado à rua dos Uranos, em Bonsucesso, onde existem, segundo a prefeitura, 220 imóveis vazios. 

A Transcarioca terá 45 estações e três terminais. De acordo com a prefeitura, o sistema vai transportar 400 mil passageiros por dia e deve diminuir pela metade o tempo de viagem entre a Barra da Tijuca e o aeroporto do Galeão, que hoje é de duas horas. A conclusão da linha está prevista para o final de 2013 e o investimento total é de R$ 1,5 bilhão, com financiamento de R$ 1,18 bilhão do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social). A obra está incluída na Matriz de Responsabilidades da Copa.

O Rio terá mais três linhas de BRT (Transoeste, Transbrasil e Transolímpica) prontas até dezembro de 2015. Além disso, ocorrerá a expansão da linha 4 do metrô, ligando a zona sul à Barra da Tijuca, com passagem por São Conrado. O objetivo é interligar os três principais modais da cidade: trem, metrô e ônibus.

 

Fonte: www.portal2014.org.br

COMPARTILHAR
Passageiros reclamam de novas mudanças nas linhas de ônibus do Rio  Leia mais sobre esse assunto em
14/09/2015
Passageiros reclamam de novas mudanças nas linhas de ônibus do Rio Leia mais sobre esse assunto em
RIO - A primeira fase da segunda etapa de racionalização de ônibus que circulam pela Zona .

Justiça impõe fim da dupla função
14/09/2015
Justiça impõe fim da dupla função
Motoristas de ônibus não poderão mais assumir a posição de cobrador.

Transporte coletivo é solução para acabar com caos em Cuiabá
14/09/2015
Transporte coletivo é solução para acabar com caos em Cuiabá
Professor analisa que VLT será veículo de exclusão social e acredita na humanização do trâ.

 



ondeestamos
SAUS Quadra 1 Bloco J Edifício CNT
5º andar - sala 513 - Estrada 10/20 Torre A
CEP: 70070-010
Brasília - DF

faleconosco
Fones: (61) 3364-0303 / 3364-3838
contato@conut.org